terça-feira, 5 de novembro de 2019

Governo Bolsonaro quer extinguir 231 cidades de Minas Gerais,e 64 do Paraná

Governo Bolsonaro estuda a extinção 231 cidades de Minas Gerais,e 64 cidades no Paraná  


FOLHA DE SÃO PAULO - Em Minas Gerais, Há 1.253 municípios com até 5.000 habitantes; governo não divulgou quantos não se sustentam
Uma das medidas apresentadas pelo presidente Jair Bolsonaro ao Senado nessa terça-feira (5), a extinção de pequenos municípios considerados inviáveis financeiramente, começou a repercutir no meio político.

Minas Gerais pode “perder” até 231 municípios caso uma proposta de redução no número de cidades seja implantada pelo governo federal. De acordo com a proposta entregue nesta terça-feira (5) pelo presidente Jair Bolsonaro aos parlamentares, municípios com menos de 5.000 habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total será incorporado pelo município vizinho.

Paraná ‘menor’
No Paraná, são 101 municípios com população inferior ao limite de corte imposto pelo governo. De acordo com dados da Secretaria do Tesouro Nacional referentes ao ano de 2018, que traz informações sobre 394 dos 399 municípios paranaenses, 64 cidades do estado com menos de 5 mil habitantes não conseguiram gerar mais de 10% de sua receita.

São Paulo vem na sequência, com 143 municípios com menos de 5.000 habitantes.Três municípios têm menos de 1.000 habitantes, de acordo com a última estimativa, de julho de 2019: Serra da Saudade (MG), com 781 pessoas; a paulista Borá, com 837; e Araguainha (MT), com 935.

O Brasil tem 1.253 municípios com menos de 5.000 habitantes, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Isso equivale a 22,5% do total de 5.570 municípios brasileiros (incluindo o Distrito Federal). Juntos eles somam 4,21 milhões de habitantes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário