segunda-feira, 20 de abril de 2020

Site de Gleisi Hoffmann é hackeado pelo gabinete do ódio de Eduardo Bolsonaro

Site de Gleisi Hoffmann é hackeado por apoiadores de Bolsonaro

Nesta segunda-feira (20), o site de Gleisi Hoffmann, deputada federal pelo estado do Paraná e presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), foi hackeado por um grupo de eleitores do presidente Jair Bolsonaro, que fazem parte do gabinete do ódio .

 Na imagem abaixo, você pode conferir como se encontra atualmente o site de Gleisi, com inscrições divulgando uma conta do Twitter e as assinaturas dos possíveis invasores (oito ao todo), além de uma mensagem que termina mandando Gleisi se mudar para Cuba.

"Meu site foi hackeado hoje por bolsonaristas inconformados com críticas que tenho feito ao presidente deles. Lamento, mas ñ tenho medo e investidas criminosas ñ me intimidam. Os envolvidos serão denunciados e as críticas aos retrocessos do governo continuarão. Aula de democracia, escreveu Gleisi Hoffmann


Nenhum comentário:

Postar um comentário