sábado, 9 de maio de 2020

Dinheiro público irriga sites de fake news e canais como Terça Livre,afirma planilha da Secom

Verba publicitária de Bolsonaro irrigou sites de jogos de azar e de fake news

Um pedido feito por meio do Serviço de Informação ao Cidadão solicitou a divulgação das informações, que foi negada duas vezes pela Secom e posteriormente garantida pela CGU. A informação foi divulgada pela Folha de S. Paulo.

O canal de YouTube Terça Livre TV, fo blogueiro Allan dos Santos, consta na planilha da Secom de veículos que receberam anúncios do governo. À CPMI das Fake News, Santos afirmou: "Sou dono do maior portal conservador da América Latina e não recebo nenhum centavo do governo"

Secom relata gastos com anúncios veiculados em sites e canais que promovem o presidente Jair Bolsonaro. No Bolsonaro TV –que se descreve como “canal dedicado em apoiar o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro”– e apps  como “Brazilian Trump”, “Top Bolsonaro Wallpapers”
Sites de fake news também receberam verba de anúncios do governo. Um dos campeões foi o Sempre Questione, com notícias como “Ovni é flagrado sobrevoando Croata, interior do Ceará, e aterroriza moradores” e “Kiko do Chaves diz que coronavírus é farsa de Bill Gates e da Maçonaria

As informações constam de planilhas enviadas pela Secom (Secretaria Especial de Comunicação da Presidência) por determinação da CGU (Controladoria-Geral da União), a partir de um pedido por meio do Serviço de Informação ao Cidadão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário