VÍDEO; Bolsonaro rebate Danilo Gentili, após ser chamado de "fdp" Pular para o conteúdo principal

VÍDEO; Bolsonaro rebate Danilo Gentili, após ser chamado de "fdp"


Danilo Gentili foi responder comentários de uma publicação de uma postagem no Instagram e revelou que Jair Bolsonaro pediu demissão dele e censura no SBT, canal no qual apresenta o programa The Noite (via Catraca Livre)

Ele falou sobre o assunto quando uma internauta o respondeu depois que ele fez uma piada no Twitter sobre o anúncio feito por Bolsonaro de que contraiu covid-19, causado pelo novo coronavírus.

"Olha, Danilo, parei de seguir você nesse momento! Você foi defendido pelo cara e agora desejou que esse mesmo cara morresse! Nem para nosso pior inimigo desejamos o mal. Lamentável! Viva bem! Vida longa!", disse ela.

Danilo fez questão de responder: "Fui defendido por ele uma ova! Saiba você que tomei processo por defendê-lo e esse 'fdp' foi lá pedir minha cabeça e censura no meu emprego quando critiquei o Fundão Eleitoral (e seu filho usa rede de difamação contra mim)", explicou o humorista.


Ele continuou: "Ele é um mentiroso. Mentiu muitas coisas e que defende a liberdade de expressão foi outra mentira. Esse psico não me engana mais. Eu sei bem o que vocês fazem: mandam o pessoal do grupo do whats 'direita o caraio' ou 'bolsos chupadores' virem aqui achando que eu vou pensar: 'Poxa!
O povo não gosta quando eu fico zoando essa merda, vou parar então'", defendeu-se."Faz um favor? Volta lá no grupo do imbecil que você faz parte e avisa a todo mundo que quanto mais vocês virem aqui chorar mais eu vou zoar esse filho da p*** e toda a família de vagabundos dele. Falou, pelega", finalizou, irritado.

Postagens mais visitadas deste blog

Assista:Cabo Daciolo diz que facada foi armada entre Bolsonaro e Malafaia

Cabo Daciolo afirma que Jair Bolsonaro não recebeu facada alguma
No ,vídeo ,Daciolo diz que a facada é falsa e que tudo faz parte de uma armação entre Maçonaria,Silas Malafaia e o Presidente.
Pelas suas redes sociais, Daciolo afirmou que não acredita que o presidente da República tenha realmente sido vítima de um atentado e que tudo não passa de uma grande farsa para encobrir a necessidade de Bolsonaro passar por uma cirurgia, para curar uma enfermidade. 


“Vou revelar algo que está no meu coração há muito tempo. Eu não acredito em facada de Bolsonaro nenhuma. Cabo Daciolo não acredita.
Vou dizer o que eu acredito: Bolsonaro estava com uma enfermidade e tinha que fazer uma cirurgia. E aí, a Maçonaria junto com a Nova Ordem Mundial montou todo esse espetáculo aí. É o que eu acredito, o que está no meu coração e estou revelando hoje para você. Se for de Deus o que eu estou falando aqui, isso tudo vai cair por terra em nome do Senhor Jesus Cristo”, disse Daciolo por meio de suas redes soc…

COMENTARISTA DA JOVEM PAN DIZ QUE IDOSOS DEVEM SE SACRIFICAR

Rodrigo Constantino,Comentarista da Jovem Pan, gerou revolta ao propor o sacrifício de idosos pela economia . Numa guerra, as sociedades sacrificam jovens de 20 anos os mandando para batalhas, onde muitos morrerão. Pergunta sincera, de adulto (exclui sensacionalistas hipócritas): se vc tivesse 80 anos, vc aceitaria se sacrificar por seus filhos e netos? E se for essa a dura escolha? — Rodrigo Constantino (@Rconstantino) March 25, 2020
A pergunta foi clara: VOCÊ sacrificaria? Tentei restringir aos adultos, mas bobocas infantis vieram aqui me acusar de eugenista. EU me sacrificaria pelos meus filhos e netos! Se você não faria isso, então o problema é seu. E isso diz muito sobre os SEUS "valores"...voltou a escrever 

A pergunta foi clara: VOCÊ sacrificaria? Tentei restringir aos adultos, mas bobocas infantis vieram aqui me acusar de eugenista. EU me sacrificaria pelos meus filhos e netos! Se você não faria isso, então o problema é seu. E isso diz muito sobre os SEUS "valo…

STF proíbe Bolsonaro de flexibilizar quarentena em qualquer estado do País

STF proíbe Bolsonaro de flexibilizar quarentena em qualquer estado do País e o aponta como "irresponsável" Decisão liminar do ministro Alexandre de Moraes impede Jair Bolsonaro de adotar qualquer medida unilateral para flexibilizar a política de isolamento e aponta o mandatário como "irresponsável" por atuar contra os protocolos internacionais de saúde

Não compete ao Executivo federal afastar unilateralmente as decisões dos governos estaduais que eventualmente tenham determinado restrição de serviços e circulação de pessoas em meio à pandemia do coronavírus. Com esse entendimento, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, concedeu parcialmente liminar pedida pela OAB na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental 672.

O ministro atendeu parcialmente a pedido da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), segundo o qual o presidente Jair Bolsonaro tem atuado como “agente agravador da crise“. A Ordem alega que o governo “nem sempre tem feito uso a…