quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Urgente ! Queiroz confessa a prática de rachadinha em gabinete de Flávio Bolsonaro, para a PF

                                     

Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro quando o senador ainda era deputado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), admitiu que havia um esquema de “rachadinha” no gabinete de Flávio. Queiroz, no entanto, disse que o filho de Jair Bolsonaro não tem envolvimento nos crimes.


Queiroz confessou por escrito, e a declaração consta em petição que foi anexada ao processo que corre no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). O documento diz que “tal acordo [rachadinha] teria sido realizado sem consulta ou anuência do então deputado estadual nem de seu Chefe de Gabinete”. As informações são da CNN Brasil.

Para o MP, no entanto, “não é crível” que a prática tenha se estendido por mais de dez anos no antigo gabinete de Fávio, arrecadando milhões, sem que o filho do presidente tivesse conhecimento do ato. Promotores também destacam a evolução patrimonial que Flávio e sua esposa, Fernanda Antunes Bolsonaro, tiveram ao longo desse tempo.


A explicação dada por Queiroz ao MP consta em uma petição anexada ao processo que tramita no Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.