domingo, 20 de dezembro de 2020

Ex-jogador de vôlei Giba, tem prisão decretada por atraso de pensão

                               

Na última sexta-feira, o ex-jogador de Vôlei Giba teve a prisão decretada pela 7ª Vara da Família do Paraná. A prisão é mais um capítulo da briga judicial entre Giba e sua ex-mulher Cristina Pirv, que pede na justiça o pagamento integral de R$300 mil de pensão, devidos para o casal de filhos desde 2018. A defesa do ex-jogador, alega que ele tenta reduzir o valor da pensão há três anos, depois de ter uma queda na renda por conta da aposentadoria. As informações são do Globo Esporte. 


O atual advogado de Giba, José Silvério Santa Maria, diz que Cristina Pirv tem rendimentos suficientes para dividir os custos mensais dos adolescentes. O jogador já teria dividido o patrimônio no processo de separação.

Segundo o ex-jogador, durante o processo de separação, abriu mão de sua parte em todo o patrimônio adquirido pelos dois durante o casamento.