quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Twitter bloqueia conta de Trump

                                     

                                       Twitter bloqueia conta de Trump


O Twitter ameaçou nesta quarta-feira suspender permanentemente de sua plataforma o presidente americano, Donald Trump, que teve sua conta na rede social bloqueada por 12 horas por incitação à violência e um vídeo com apoiadores removido, além de ter recebido uma ordem para apagar três tuítes que violavam as normas da rede.


"Como resultado da situação violenta sem precedentes e em curso em Washington, DC, pedimos a remoção de três tuítes de @realDonaldTrump publicados hoje, por repetidas e graves violações da nossa política de integridade cívica", fundamentou o Twitter em uma publicação. "Se as postagens não forem apagadas, a conta permanecerá bloqueada."

A decisão acontece após a violenta invasão de apoiadores do presidente dos Estados Unidos ao Congresso, na tarde desta quarta. Ali estava sendo realizada a sessão de contagem dos votos do Colégio Eleitoral na eleição americana, que deu vitória a Joe Biden.


Momentos antes, Donald Trump discursou aos apoiadores afirmando que não aceitaria o resultado eleitoral e que marcharia com os manifestantes.


As redes sociais foram duramente criticadas por usuários durante o ataque ao Congresso por não tomarem medidas mais drásticas contra os posts de Trump.