terça-feira, 23 de abril de 2019

Trans que deu voz a mulheres assediadas por tatuador,pode ir para o PDT


Duda Salabert diz que o partido a isolou politicamente; Ciro Gomes demonstra interesse na filiação da professora ao PDT

Ex-candidata ao senado por Minas Gerais, Duda Salabert abandonou o PSOL nesta segunda-feira (22). Ela alega que o partido investiu menos em sua campanha e na de outras pessoas trans, em comparação ao gasto com outros candidatos ao mesmo cargo.

— Desde o fim da eleição no ano passado tenho tentado uma ponte com o partido, que me isolou politicamente. Não percebi nenhuma tentativa do partido em me manter como quadro e nenhuma manifestação da Executiva Nacional ou do estado. Me pareceu que minha desfiliação foium "cala a boca" dentro da legenda — contou Duda, que disse ainda que a expulsão da ativista Indianara Siqueira, suplente a veredadora no Rio, teria sido a ponta do iceberg.

Segundo a ex-candidata ao Senado, além da expulsão, a luta de Indianare teria sido crimininalizada pelo partido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário