terça-feira, 19 de maio de 2020

Áudio | Bolsonarista é preso por crimes cibernéticos


Conhecido nas redes sociais como “rei do fake news”, Heberson Ramires Valêncio foi preso no último sábado (16), na cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul. Ele foi preso por porte ilegal de arma.

O guia turístico Heberson Ramires Valencio, conhecido como “Papagaio do Povo”, foi preso na manhã de sábado, em Bonito, por porte ilegal de arma e crime de homofobia. Valencio é conhecido na cidade por divulgar em uma página de Facebook, a Papagaio do Povo, notícias falsas.
Heberson Ramires foi denunciado por propagar discurso de ódio e homofobia. Ele foi preso no último sábado, 16 de maio. Ao ser detido, ele portava arma ilegalmente.

"Ôh Irmão, é o seguinte, tô sabendo que tudo quanto é viado vai pegar esse tal coronavírus. É bom que essas pragas morram tudo queimado,  antes do fogo do inferno que vai vir para a terra. Essas peste... essas pragas ruim!”, diz no aúdio distribuído em grupos de WhatsApp.

Os policiais apreenderam na casa dele uma pistola 380 e 51 munições, além de dois computadores, dois celulares e um HD externo. Tudo seria periciado para ver o que ele guardava além da arma.

CLIQUE AQUI PARA  OUVIR:

Nenhum comentário:

Postar um comentário